LinusBot

LinusBot

Para acessar as informações referentes à atual edição, clique aqui. Abaixo temos as informações sobre o projeto!

Núcleo de desenvolvimento: Programa de Educação Tutorial (PET) Engenharia Elétrica da UFJF.

Duração: Um período de 6 meses.

Objetivo: Aproximar os novatos de engenharia elétrica, mais cedo, ao mundo de desenvolvimento de projetos. Além de aperfeiçoar suas habilidades no quesito de formação de um engenheiro.

Descrição: LinusBot é um projeto de desenvolvimento de mão dupla. Na concepção do projeto, ele visa o aprimoramento de dois grupos principais, os calouros de engenharia elétrica e os próprios integrantes (equipe organizadora) do projeto.

Para os calouros, eles aprendem como montar um robô seguidor de linha (Linusbot) junto a uma equipe organizada por eles mesmos, além de desenvolver outras diversas habilidades¹*. E para a equipe organizadora do projeto, o foco é aperfeiçoar a competências²* relacionadas a aplicação de projetos.

O programa tem quatro etapas principais:

  1. Inscrição no projeto: As inscrições são abertas pelo PET para os calouros de engenharia elétrica no início de todo o período;
  2. Aulas práticas e teóricas: São ministradas aulas teóricas e práticas para os participantes, com o intuito de ensina-los sobre eletrônica e programação principalmente;
  3. Formação de equipe e montagem do seguidor de linha: Os calouros formam equipes pequenas para a construção do robô. Após isso dão início à montagem;
  4. Competição: As equipes que concluíram a montagem do robô participam de uma disputa aberta ao público e a equipe vencedora recebe um prêmio. Além do evento ser palco de uma competição, existem outros atrativos ao público, como sorteios e quiz.
  5. Avaliação: Ao fim do projeto, enviaremos um formulário avaliativo, que tem como objetivo fazer o LinusBot ser melhor a cada edição. Destaca-se que é necessário, para os participantes efetivos, responder o formulário de avaliação para receber o certificado.

1* – habilidades: trabalho em equipe, eletrônica básica, plataforma arduíno, lógica de programação, pesquisa autônoma, solução de problemas;

2* – competências: senso crítico, trabalho coletivo, oratória, liderança, empatia, solução de problemas, foco em resultado;